Página Inicial     HISTÓRIA | CURRÍCULO | NOTÍCIAS | FOTOS | VÍDEOS | DOWNLOADS | CONTATO
 
  FOTOS
 
 
     

Fernando Prass é um dos destaques do Palmeiras
Neste ano de 2014 o goleiro Fernando Prass vem sendo um dos principais destaques no time do Palmeiras. Para vários palmeirenses ele vive sua melhor fase como profissional. A boa regularidade mantém Prass como um dos melhores goleiros em atividade no Brasil. ''Sempre me considerei um goleiro muito regular e discreto. Por isso acho que tive momentos bons de regularidade, mas não passava tão aos olhos do pessoal. Claro que uma sequência de jogos bons, com um clássico contra o Corinthians no meio, ajuda a potencializar mais essa avaliação'', disse durante entrevista. No campeonato paulista deste ano, o goleiro foi decisivo várias vezes. No clássico contra o Corinthians foram três defesas que foram fundamentais para o time. O jogador ainda lembrou de boas defesas contra o São Bernardo. ''Contra o Corinthians foram três bolas difíceis, contra o Ituano duas e contra o São Bernardo uma ou duas. O jogo que fugiu da normalidade e me deixou um pouco preocupado foi contra o XV de Piracicaba. Ali foi uma situação fora do normal. No resto dos jogos acho que foi dentro da média de três ou quatro defesas por jogo, então não é nada de alarmante'', encerrou Prass O Palmeiras enfrenta a Portuguesa hoje(6), às 19h30min no Pacaembu, o time alviverde pode se classificar para a próxima fase do Paulistão antecipadamente, caso vença à partida desta noite

Campeonato Paulista 2014 – Paulistão : Goleiro do Palmeiras fala sobre expectativa para ano do centenário
Após realizar a sua temporada de estreia pelo Palmeiras em 2013, o goleiro Fernando Prass agora se vê ansioso para jogar pelo time no centenário do alviverde, que acontece no próximo ano. Para o guarda metas da equipe palestrina, pela importância da data, 2014 será um ano com ainda mais cobranças no time. O goleiro falou sobre a expectativa de vestir a camisa alviverde na próxima temporada. “Por conta do centenário e da inauguração da nova arena, a próxima temporada tem tudo para ser a mais midiática da história do Palmeiras. Quem estiver aqui terá a honra de participar, mas também terá uma cobrança à altura”, disse. Prass classificou como única a oportunidade de estar no clube paulista em um momento tão importante. “É um ano diferente. Difícil. São poucos os atletas que jogam em um time no ano do centenário, ainda mais em um gigante como o Palmeiras”, avaliou. Com 35 anos, o goleiro também comentou sobre como é ser o atleta mais experiente do grupo palmeirense. “Já tive a idade que eles têm, já passei por todas as dificuldades e todas as alegrias. Minha relação depende muito de jogador para jogador, alguns tenho mais afinidade e uma abertura maior para falar, mas dentro do que posso contribuir, dentro do acho que devo e do que me sinto à vontade, estou sempre procurando ajudar”, finalizou. Com informações da FPF Fonte: Portal Bragança

Fernando Prass reconquista torcida e comemora: 'Ela faz a diferença'
A torcida foi um dos principais destaques do Palmeiras na fase de grupos da Taça Libertadores da América. Todos os nove pontos da equipe foram conquistados em casa, onde o Verdão manteve 100% de aproveitamento, vencendo Sporting Cristal, Tigre e Libertad. Vítima da violência de alguns torcedores após a derrota para o Tigre na Argentina, o goleiro Fernando Prass comemorou a volta por cima da relação entre a equipe e os alviverdes. O tropeço contra os argentinos – que bateram o Verdão com um gol marcado nos acréscimos do segundo tempo, pela terceira rodada da primeira fase – revoltou membros da principal torcida organizada do clube, que entraram em conflito com os jogadores no aeroporto em Buenos Aires. Fernando Prass foi atingido por estilhaços de uma xícara, atirada por um palmeirense, e ficou ferido. Para o jogador, o episódio já ficou para trás. – O apoio da torcida faz muito a diferença. Na hora de uma lesão, você acaba passando por cima de tudo só para ver o apoio deles. É claro que vivemos momentos complicados, mas isso foi superado – analisou o goleiro. O fato de o Palmeiras já ter se classificado às oitavas de final da Libertadores, com uma rodada de antecedência, não ilude Fernando Prass. O goleiro acredita que o Verdão garantido na próxima fase da competição já é uma surpresa para a maioria, pois a equipe foi tratada como a menos “badalada” entre os times brasileiros que disputam o título continental. – Não podemos nos iludir. Surpreendemos 90% das pessoas, que não acreditavam na classificação. Conseguimos superar todas as dificuldades e chegamos à próxima fase. Agora é ter muita atenção para vermos no que o time mudou e evoluiu, e no que ainda pode melhorar – analisou. Na vitória por 1 a 0 sobre o Libertad, do Paraguai, nesta quinta-feira, a torcida do Palmeiras compareceu ao estádio do Pacaembu em massa: foram 33.912 pagantes, 1.509 a mais que o número de pagantes no jogo do rival Corinthians contra o San José, na véspera, também no Pacaembu. O recorde anterior dos alviverdes era de 19.170 pagantes, na vitória por 2 a 0 sobre o Tigre.

''Vamos disputar o título mais fortes do que no ano passado''
Apesar da eliminação da Libertadores, após perder para o Corinthians por 1 a 0, no jogo de volta das quartas de final, o goleiro Fernando Prass não quer se abater para a disputa do Campeonato Brasileiro. Para a Muralha vascaína, o objetivo da equipe é claro: buscar novamente ficar entre os quatro primeiros colocados da competição nacional. ''Tenho certeza de que vão duvidar do Vasco de novo. Quando conquistamos o título da Copa do Brasil, todos acharam que iríamos deixar o Campeonato Brasileiro de lado, mas permanecemos pela luta do título até a última rodada. Confio no time e na nossa capacidade e sei que vamos buscar a classificação para a Libertadores'' Prass diz que time fez uma boa campanha na Libertadores e acredita que o Vasco tem que passar pelo processo de adaptação para disputar a competição. ''A Libertadores é um campeonato diferente. As equipes que disputal fazem ajustes ano a ano e vão se moldando. Com o Vasco, não vai ser diferente. Temos que passar por esse processo. Tenho certeza de que estamos no caminho certo e vamos chegar na disputa pelo título do Brasileirão bem mais fortes do que no ano passado'' A delegação vascaína permanece em São Paulo para o compromisso de sábado, contra a Portuguesa, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. A partida será realizada sábado, no Canindé, às 18h30.

Vasco vence e se matém colado na liderança
O Vasco mostrou em 20 minutos o conceito do apelido Trem-bala da Colina. Azar do Atlético-MG. O time mineiro foi atropelado facilmente e perdeu por 2 a 0, em São Januário, na noite deste domingo. O jogo foi válido pela 30ª rodada do Brasileirão. A vitória tranquila deixa o time cruz-maltino com 54 pontos, o mesmo número do líder Corinthians. Porém, os paulistas levam vantagem na quantidade de vitórias (16 a 15). Titular na vaga de Alecsandro, Elton demorou dois minutos para mostrar que merecia a vaga. Fagner fez o outro gol dos cariocas. O Atlético-MG teve uma atuação pavorosa na etapa inicial e ensaiou uma pressão na segunda parte. Porém, a expulsão equivocada de Serginho sepultou quaisquer chances de reação. O time abre a zona de rebaixamento na 17ª posição, com 30 pontos – o primeiro clube fora do Z-4 é o rival Cruzeiro, que tem 31. Na próxima rodada, o Vasco enfrenta o Bahia, domingo, em Salvador. O Galo volta ao Rio de Janeiro, desta vez, para duelar com o Fluminense, no sábado.

Em São Januário, Vasco vence Cabofriense por 2 a 1
O Vasco venceu a Cabofriense por 2 a 1 na noite deste sábado (09/04), em São Januário, pela penúltima rodada da Taça Rio. Bernardo e Alecsandro marcaram os gols cruzmaltinos. Na próxima quarta-feira (13), o Vasco enfrenta o Náutico, nos Aflitos, pelas oitavas-de-final da Copa do Brasil. No domingo (17), a equipe vascaína encara o Olaria, fora de casa, pela última rodada da Taça Rio.

Fernando Prass: ‘Temos que conseguir o resultado fora de casa’
Pelas oitavas de final da Copa do Brasil, o Vasco entra em campo nesta quarta-feira (13/04), quando enfrenta o Náutico, às 21h50, em Recife. Para ficar mais tranquilo no jogo de volta em São Januário, o goleiro Fernando Prass, espera que sua equipe balance as redes fora de casa. - Copa do Brasil é um torneio eliminatório e se você não estiver bem no jogo, pode acabar comprometendo tudo. Temos que fazer alguns ajustes e jogar na quarta-feira com bastante consciência para trazer o resultado. O mais importante na partida é fazer gols. Diante do ABC, vimos o quanto foi difícil, pois não conseguimos marcar fora de casa. Agora mais do que nunca, temos que conseguir o resultado no primeiro jogo – disse a Muralha da Colina com exclusividade ao site oficial. Fonte: Site Oficial

Prass completa 100 jogos pelo Vasco e já planeja os próximos 200
O goleiro Fernando Prass foi contratado pelo Vasco no início de 2009 sem muita pompa, mas, com boas atuações, se firmou como titular e foi importante para o retorno do time à Primeira Divisão. Neste domingo, às 16h (de Brasília), contra o Atlético-GO, no Serra Dourada, o jogador alcançará uma marca importante: 100 jogos com a camisa cruzmaltina. Ele entrará com camisa com um uniforme comemorativo com o número 100. Honrado com a marca e com a homenagem, Prass disse que pretende defender o Vasco ainda por muitas e muitas vezes. O arqueiro, de 32 anos, está muito perto de renovar contrato com o Gigante da Colina por mais três temporadas. - É uma marca a ser comemorada. Tem uma importância grande, significativa, até por causa da alta rotatividade de jogadores que vemos atualmente. Se eu quiser chegar aos 300 jogos, terei que passar por estes 100 primeiro. É uma honra, ainda mais em um time grande como o Vasco - disse o goleiro. A relação de Fernando Prass com o clube ficou tão forte que está em seus planos encerrar a carreira na Colina. Mas isto, no que depender da disposição do camisa 1, ainda vai demorar muitos anos. - Confirmando minha renovação, vou estar com 35 anos no fim do novo contrato. Vejo o Ceni com 38, o Clemer jogou até os 40, o Van der Sar tem 40... Acho que tenho condições, estou me sentindo muito bem. Penso em encerrar a carreira pelo Vasco. Aqui tenho tudo que preciso: torcida, carinho, camisa e parte financeira para seguir minha vida. O diretor de marketing vascaíno, Marcos Blanco, acredita que é muito bom para a instituição ter atletas bastante identificados com o clube. Ele defende que a presença de ídolos atrai torcedor e torna-se uma fonte de receitas. - Do ponto de vista do marketing e do clube, quanto mais atletas identificados, é melhor em todos os sentidos. Tem os novos torcedores, e estamos sempre preocupados com isso. Além disso, é uma fonte de receita. É uma coisa (jogo 100) que acontece em um momento mágico, que ele está negociando para renovar o contrato. Prass, que já passou por clubes como Grêmio, Coritiba e União de Leiria, contou que o carinho que recebeu em São Januário foi diferente de tudo o que já tinha vivido anteriormente. - Sinto este carinho da torcida. Antes de acabar o ano passado, eu já sentia. Em alguns outros lugares já tive o reconhecimento, mas foi algo normal. Aqui no Vasco foi diferente. E antes não tinha tantos motivos assim para eu ser tratado desta maneira. O goleiro apontou dois momentos como mais marcantes nestes 100 jogos: a subida para a Primeira Divisão e a partida contra o Fluminense, no Brasileiro deste ano, quando foi o escolhido para usar a camisa 112. O momento que ele considera o mais amargo foi a eliminação para o Corinthians na Copa do Brasil de 2009. - Acho que o momento mais marcante foi o retorno à Primeira Divisão. O jogo contra o Ipatinga, com o Maracanã lotado, foi o mais especial. O jogo que eu usei a camisa 112 (no dia do aniversário de 112 anos do clube) também foi importante para mim. Tinha o Felipe, o Carlos Alberto, e eu fui o escolhido. Foi motivo de muito orgulho. Acho que o pior jogo foi a eliminação na Copa do Brasil, contra o Corinthians. O time estava bem, acreditávamos que poderíamos chegar mais longe. O departamento de marketing do Vasco, em parceria com a Penalty, empresa que fornece material esportivo ao clube, fará uma tiragem limitada (3 mil exemplares) da camisa comemorativa. Os torcedores poderão comprar nas principais redes de lojas por R$ 189,90.

Vasco 2010
O goleiro Fernando Prass subiu para fazer a defesa aérea na partida diante do Corinthians PR em Curitiba. O jogo foi válido pela Copa do Brasil 2010.

Prass faz a defesa aérea. Prassb lançando a bola Fernando defende bola; Elenco do Vasco na pré-temporada 2010.

Fernando com uniforme do Leilão.

Uniforme dourado

Vasco

Fernando observa jogada do time Fernando com os filhos gêmeos, Caio e Helena Foto antes do início da partida Oração antes de entrar em campo  Treino (12/11/09) - São Januário  Treino (09/11/09) - Campina Grande-PB  Vasco 2 x 1 Juventude Maracanã - (07/11/09)  Vasco 2 x 1 Juventude Maracanã - (07/11/09)  Treino (05/11/09) - Vasco Barra  Treino (29/10/09) - Vasco Barra  Treino (16/10/09) - Vasco Barra  Treino (22/09/09) - Vasco Barra Treino (03/09/09) - São Januário Treino (27/08/09) São Januário Treino (21/08/10) - São Januário  Treino (21/08/09) - São Januário  12/08/09 - O encontro de três gerações do gol vascaíno-Germano-Andrada-Prass  Kardec, Prass, Vilson e Ramon comemoram um gol no rachão Treino (27/07/09) - São Januário Treino - (08/07/09) - Vasco Barra Vasco 0 x 0 D. Caxias - (19/06/10) - São Januário  Treino (18/06/09) - São Januário Treino (12/06/09) - São Januário Treino (22/05/09) - São Januário

Outros Times

Time infantil do Independente. Time do Coritiba em 2004. Fernando reza antes do inicio do jogo com casa cheia no Couto Pereira. Fernando defende pênalti na semifinal do Paranaense de 2004 diante do Iraty. Fernando participa do projeto Moleque Bom de Bola quando é observado pelo Grêmio. Defesa de Fernando no jogo Leiria x Braga pelo Campeonato Português. União Desportiva de Leiria União Desportiva de Leiria União Desportiva de Leiria União Desportiva de Leiria União Desportiva de Leiria Coritiba - Controlando a bola

Extra-campo

Retonro da viagem a Buenos Airs onde defendeu o time de sua cidade, Viamão, em amistoso na la Bombonera. Homenagem por ter defendido o Coritiba em mais de 200 jogos. Programa Tribuna no Esporte. Adriano (Sevilla), Fernando e Edinho Baiano, ex-jogadores do Coritiba se reencontram no Alto da Glória. Fernndo recebe troféu de goleiro menos vazado no Paranaense 2003. Fernando participa da campanha troque bolas por armas de brinquedos em escola pública no Paraná. Fernando doa camisa do Coritiba autografada para campanha de arrecadação de alimentos em Curitiba. Fernando com os filhos gêmeos, Caio e Helena O encontro de três gerações do gol vascaíno-Germano-Andrada-Prass

 
         
         
         
      VOLTAR | HOME  
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Fernando Prass © 2009 - Web Desing rg77